Bookmark and Share
Milhares de consumidores foram lesados por empresas do Grupo Volkswagen, que lhes venderam automóveis cujas caraterísticas não correspondem às qualidades constantes dos catálogo e  das declarações feitas às autoridades de supervisão.
Em alguns modelos das marcas do Grupo Volkswagen terá sido instalado software fraudulento, com a intenção de enganar as autoridades e de obter benefícios fiscais, nomeadamente no tocante aos impostos ambientais.
Este tipo de fraude prejudica, de forma gravíssima, as pessoas que adquiriram tais viaturas, constituindo fundamento para a anulação dos contratos ou, pelo menos, para pedido de indemnização pelos danos causados.
A MRA constituiu um grupo de trabalho para assistir os lesados do Grupo Volkswagen.